Identificado principal mecanismo na Retinopatia Diabética

Estudo da Universidade de Coimbra

17 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um grupo de investigadores da Universidade de Coimbra identificou mecanismos de morte celular que desenvolvem a Retinopatia Diabética (RD), doença que é a principal causa de cegueira a nível mundial na população adulta.
 

 

“Esta descoberta representa um novo paradigma para esta área da Medicina porque, até aqui, era assente que os danos na visão provocados pela diabetes se deviam única e exclusivamente a alterações vasculares, no vaso da retina”, refere uma nota de imprensa da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).
 

 

“A doença perturba o funcionamento do ATP (a molécula que fornece energia e que funciona como neurotransmissor), o que gera a libertação de uma substância nociva responsável pela morte dos neurónios”, explica Paulo Santos, docente do Departamento de Zoologia da FCTUC.
 

 

Ao descobrir e identificar os mecanismos – refere o investigador – “é agora possível desenvolver uma molécula capaz de bloquear a libertação dessa substância responsável pela morte das células, ou, em caso de libertação, anular a sua acção, sendo possível evitar ou retardar a perda das capacidades visuais dos diabéticos”.
 

 

Os resultados foram conseguidos após um trabalho de quatro anos de uma equipa de oito investigadores e de mais sete colaboradores, oriundos de várias faculdades da Universidade de Coimbra, de Ciências, Medicina e Farmácia, bem como de instituições associadas, caso do IBILI – Instituto Biomédico de Investigação da Luz e da Imagem e do Centro de Neurociências.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.