Identificado gene responsável pela progeria

Doença origina o envelhecimento acelerado das células humanas

15 abril 2003
  |  Partilhar:

Uma equipa de investigadores franceses acaba de identificar o gene responsável pelo Síndrome de Hutchinson-Gilford ou
 

Progeria, uma disfunção genética que origina o envelhecimento acelerado das células humanas. As jovens vítimas envelhecem cinco a dez vezes mais do que o normal.
 

Identificar o gene é um passo importante para começar a desenvolver terapias e métodos de diagnóstico precoce, segundo os investigadores. O estudo vai ser publicado na próxima edição do jornal Science.
 

 

«Sem saber o que causava a progeria, não tínhamos como tratá-la. Ao identificar o gene responsável por esta doença estamos a um passo de desenvolver terapias», explicou o autor do estudo, Nicolas Lévy, da Faculdade de Medicina de la Timone, e do Hospital das Crianças de Marselha, em França.
 

 

Embora o Síndrome de Hutchinson-Gilford seja extremamente raro – afectando apenas uma em quatro a oito milhões de crianças – os seus efeitos são considerados bastante significativos.
 

 

Calvice, envelhecimento da pele, uma face e maxilares pequenos em relação à cabeça são algumas das características mais visíveis da doença.
 

 

As crianças que sofrem de progeria também padecem de problemas de saúde típicos dos mais idosos, nomeadamente rigidez das articulações, problemas cardiovasculares e arteriosclerose.
 

 

Uma criança com progeria morre em média aos 13 anos, e a doença não tem cura. Os investigadores descobriram que a mutação ocorre no gene LMNA.
 

 

Fonte:Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.