Identificado gene que pode levar a anticoncepcional masculino

Estudo publicado no “American Journal of Human Genetics”

14 abril 2009
  |  Partilhar:

Durante um estudo realizado em famílias iranianas com o objectivo de determinar as causas genéticas da surdez, foi identificado um gene responsável pela infertilidade masculina.

 

O estudo, publicado no “American Journal of Human Genetics”, poderá servir de base para o desenvolvimento de um anticoncepcional masculino.

 

Neste estudo, investigadores da Universidade de Iowa, nos EUA, identificaram um gene, denominado CatSper1, que, segundo os cientistas, está envolvido na infertilidade masculina.

 

Estudos da Universidade de Harvard em ratos mostraram que as mutações do CatSper1 afectam a mobilidade dos espermatozóides, principalmente os movimentos vigorosos para entrar no óvulo durante a fertilização.

 

De acordo com os autores, a descoberta “poderá conduzir ao desenvolvimento de futuras terapias para infertilidade, que repõem o gene ou a proteína”. “Porém, talvez até mais importante, a descoberta poderá ter implicações na contracepção masculina”, explicou ao sítio EurekAlert Michael Hildebrand, líder da equipa de investigadores.

 

No artigo, os cientistas destacam que, apesar de os contraceptivos orais estarem disponíveis para as mulheres há mais de 40 anos, não há uma opção similar para os homens, que, para evitar a procriação, recorrem aos preservativos ou, de uma forma radical e irreversível, à vasectomia.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.