Identificado gene que controla simetria do corpo

Cientistas portugueses apresentam estudo na Nature Cell Biology

08 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

Através de experiências em embriões de pintos e peixes, quatro investigadores portugueses do Instituto Gulbenkian da Ciência, em Oeiras, identificaram um gene essencial para o estabelecimento da simetria entre o lado esquerdo e o direito do corpo. O trabalho foi publicado na revista Nature Cell Biology.
 

 

Ao tentarem perceber o mecanismo genético da simetria das vértebras, costelas e músculos do tronco, os cientistas descobriram que o gene Terra, que já se sabia actuar na formação dos músculos, é muito importante para a simetria do corpo.
 

 

As vértebras, as costelas e os músculos do tronco formam-se a partir de blocos de tecido embrionário - chamados sómitos -, explica um comunicado do Instituto Gulbenkian da Ciência. Esses blocos distribuem-se em duas filas, uma de cada lado da futura medula espinal do embrião. E é um relógio genético que comanda a formação de cada um dos pares dos blocos, no tempo e no espaço.
 

 

O que a equipa portuguesa descobriu foi que esse relógio precisa de um sincronizador: e o gene Terra é esse sincronizador, que mantém na ordem o tiquetaque do relógio. Se o "Terra" não estiver a funcionar, os sómitos que darão origem às vértebras, costelas e músculos do tronco não se formam em simultâneo.
 

 

Fonte: Público
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.