Identificado gene implicado em forma de epilepsia
01 maio 2002
  |  Partilhar:

Investigadores espanhóis descobriram um gene implicado numa forma de epilepsia hereditária que se caracteriza por problemas auditivos antes das crises, que acontecem sobretudo durante o sono.
 

 

O gene, conhecido como LGI1/Epitempina, está relacionado com um tipo de epilepsia hereditária cuja origem se situa na parte lateral do lóbulo temporal, indicou o Conselho Superior de Investigações Científicas de Espanha (CSIC) em comunicado.
 

 

A descoberta foi fruto do trabalho co-dirigido por Jordi Perez Tur, investigador do Instituto de Biomedicina de Valência do CSIC, e Adolfo Lopez de Munain, do Hospital de San Sebastiãn, cujo trabalho foi apoiado por cientistas de Itália, Grécia, Alemanha e Reino Unido.
 

 

O resultado da investigação foi publicado na edição de Maio da revista Human Molecular Genetics.
 

 

A epilepsia é a doença neurológica mais comum, afectando 1 por cento da população mundial, e, embora possa ser provocada por traumatismos, tumores, doenças vasculares ou degenerativas, deve- se na maioria dos casos a causas genéticas hereditárias.
 

 

Segundo o comunicado do CSIC, já tinham sido identificados genes responsáveis por outras formas de epilepsia familiar.
 

 

No entanto, o gene LGI1/Epitempina não apresenta a estrutura clássica e actua através de um novo mecanismo cujo estudo ajudará a desenvolver novas estratégias terapêuticas que podem contribuir para um melhor tratamento da epilepsia, segundo o CSIC.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.