Identificadas variantes genéticas relacionadas com Hipertensão arterial

Estudo publicado na revista “Nature Genetics”

19 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

Investigadores do Hospital Geral de Massachusetts, nos EUA, identificaram duas variantes genéticas, localizadas nos péptidos natriuréticos, que aumentam o risco de hipertensão. O trabalho foi publicado na revista “Nature Genetics”.
 

 

O estudo, liderado por Cristopher Newton-Cheh, refere que as duas variantes genéticas em causa se encontram nos genes que codificam as proteínas produzidas pelo coração e os vasos sanguíneos, denominados péptidos natriuréticos. De acordo com a investigação, estes genes são os responsáveis pela regulação da expulsão do sal do organismo através da urina.
 

 

Estas variantes genéticas têm um efeito "significativo" na pressão sanguínea, sendo que o seu controlo poderá reduzir em 8% o risco de enfarte do miocárdio, adianta o estudo.
 

 

O trabalho refere ainda que, actualmente, estão a ser desenvolvidos tratamentos destinados a manter os péptidos natriuréticos activados indefinidamente.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.