Identificada proteína que combate cancro através do exercício físico

Estudo da Manash Medical School

30 maio 2006
  |  Partilhar:

 

Os benefícios do exercício físico no combate ao cancro devem-se ao aumento de uma proteína que impede o crescimento das células e induz a sua morte, defendem investigadores australianos.
 

 

A proteína, chamada proteína-3 de ligação do factor de crescimento tipo insulina (IGFBP-3), inibe outra proteína denominada IGF-1 e bloqueia o seu efeito de proliferação no crescimento celular, sugere o estudo.
 

 

Andrew M. M. Haydon e os colegas na Manash Medical School, em Melbourne, identificaram novos casos de cancro colorectal, num estudo que abrangeu 41.528 adultos, entre 1990 e 1994. Os investigadores analisaram o Índice de Massa Corporal (IMC) e o nível de actividade física e compararam os níveis de IGF-1 e de IGFBP-3. Nas pessoas fisicamente activas, um aumento de IGFBP-3 estava associado com uma redução de 48% nas mortes devidas a cancro colorectal. Não foi registada qualquer associação para a IGF-1. Para os fisicamente inactivos, não houve associação entre IGF-1 ou IGFBP-3 e a taxa de sobrevivência de doentes com cancro colorectal.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.