Identificada causa da alteração na pomada Halibut

Laboratório anuncia continuação da retirada de lotes

24 maio 2007
  |  Partilhar:

 

O laboratório que comercializa a pomada Halibut, indicada para a regeneração dos tecidos, já identificou a causa da alteração do produto que obrigou à retirada de vários lotes do mercado e anunciou esta semana uma nova recolha voluntária de embalagens.
 

 

Em Março, o laboratório Grünenthal SA anunciou a retirada do mercado de vários lotes de embalagens de Halibut devido a uma alteração da apresentação deste produto que resultou numa "variação do seu aspecto pela libertação de uma pequena parte da água que integra a composição normal do produto".
 

 

De acordo com um comunicado do laboratório enviado esta semana, foi anunciada uma nova recolha das restantes embalagens, dado que, “a causa da alteração do produto foi identificada após estudos desenvolvidos por peritos nacionais e internacionais”.
 

 

Nestes estudos foi confirmada “a inexistência de qualquer deterioração da sua composição química e consequentemente, a ausência de risco para os seus utilizadores”.
 

 

Contudo, “e uma vez que a alteração resulta na libertação de uma pequena parte da água que integra a composição normal do produto, modificando o seu aspecto”, o laboratório decidiu que “todas as embalagens que apresentem esta alteração devem ser trocadas nos pontos de venda, apesar de a continuação da sua utilização não apresentar risco para a saúde pública.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.