Idade para vacina do colo do útero alargada para os 45 anos

Especialistas aplaudem decisão

21 setembro 2010
  |  Partilhar:

As novas orientações da Agência Europeia do Medicamento (EMEA), anunciadas em Agosto, recomendam a vacinação contra o HPV (vírus do papiloma humano, causador do cancro do colo do útero) de todas as mulheres até aos 45 anos e não apenas até aos 26, como era anteriormente recomendado. Em entrevista à edição de domingo do jornal “Diário de Notícias”, os especialistas aplaudem a decisão.

 

Os médicos garantem que cerca de 80% das mulheres estão em contacto com o HPV em alguma altura da sua vida, mesmo tratando-se de estirpes menos agressivas. "É uma questão muito séria", avança Daniel Pereira da Silva, director do Serviço de Ginecologia do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra e coordenador da plataforma de prevenção “Passa a Palavra”, acrescentando: "Estima-se que 8% a 10% das mulheres hoje com 50 anos estejam com uma infecção activa provocada por algum dos tipos do HPV. Aconselho a vacinação também a estas mulheres."

 

Do mesmo modo, o presidente da Sociedade Portuguesa de Ginecologia (SPG), José Martinez de Oliveira, também se mostra muito favorável às novas orientações: "Na meia-idade, entre os 45 e os 50 anos, tem-se assistido a um pico de infecções por HPV. Talvez pelas mudanças de comportamento na nossa sociedade." A comprová-lo está o número de mortes em 2009. A grande maioria das mulheres, 167 (61%), tinha entre os 45 e os 70 anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 4Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.