I Congresso internacional da Associação Portuguesa Mãos Unidas

Lepra e pobreza no mundo em discussão em Lisboa

07 novembro 2008
  |  Partilhar:

As novas formas de rastreio e cura da lepra no mundo e o aumento das situações de pobreza em Portugal são temas do I Congresso internacional da Associação Portuguesa Mãos Unidas, que decorre este fim-de-semana em Lisboa.
 

 

Organizado pela secção portuguesa da Associação Mãos Unidas Padre Damião, vocacionada para a ajuda humanitária, nomeadamente na área de "doenças de pobreza", como a lepra, o congresso vai abordar, com a colaboração de três especialistas em lepra, a forma de agir e de contribuir contra as doenças tropicais.
 

 

Se em Portugal a doença está controlada, estimando-se que haja apenas entre 30 a 40 casos, relacionados com pessoas provenientes de países como Angola, Moçambique ou Timor-Leste, a situação é ainda endémica em países como a Índia e o Brasil, os dois países com mais casos.
 

 

Pelo mundo, o número de casos de lepra está a descer acentuadamente devido a melhores rastreio e medicamentos, contudo há países onde a doença continua a prevalecer, disse à Lusa Mário Nogueira, fundador da Associação Portuguesa Mãos Unidas.
 

 

No Congresso vai ser lançado um livro sobre o Padre Damião, que permaneceu nove anos na ilha do Hawai, em Março de 1873, tendo-se oferecido voluntariamente para ir assistir os leprosos que então eram deportados para a ilha do Molokai - considerada a Colónia dos Leprosos. Será também atribuído o Prémio Internacional Follereau-Damien ao bispo emérito de Lichinga, Moçambique, D. Luís Gonzaga Ferreira da Silva. Este bispo está há mais de 50 anos em Moçambique, como missionário e combatente na luta contra a lepra.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.