Humanos perderam pêlos para se tornarem mais atraentes....

...e com mais sucesso sexual

14 junho 2003
  |  Partilhar:

Mark Pagel e Walter Bodmer, cientistas das universidades de Reading e Oxford, em Inglaterra, apresentaram uma nova teoria para a progressiva perda de pêlo dos seres humanos ao longo da evolução, que desafia a tradicional ideia de que se perdeu cabelo devido ao clima quente das savanas africanas habitadas pelos nossos antepassados.
 

 

Os investigadores britânicos admitem dois factores como cruciais no processo: a fuga aos parasitas que se instalam no pêlo dos mamíferos e a atracção sexual que une homens e mulheres desde os primórdios do tempo. Quanto menos pêlos, menos oportunidades os nossos antepassados teriam de estar infestados por parasitas. Logo, tornavam-se parceiros sexuais mais atraentes e tinham maior sucesso reprodutivo.
 

 

Mas os investigadores vão mais longe, e afirmam que a fuga aos parasitas se associou ao desenvolvimento da cultura humana. Somos os únicos que aprendemos a fazer fogueiras, roupa e abrigos para nos aquecermos. Tudo isto permite que nos mantenhamos quentes, mesmo perdendo o pêlo, sublinha Pagel, citado pela revista de divulgação científica "New Scientist".
 

 

Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.