Hospital de Santiago do Cacém em risco de ruir

Doentes transferidos devido ao estado do edifício

29 setembro 2003
  |  Partilhar:

O Hospital de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, está a encerrar serviços e a transferir doentes devido ao estado do edifício, onde são visíveis rachas nas paredes, disse segunda- feira uma fonte da unidade.
 

 

A mesma fonte do hospital disse que o serviço de Medicina já fechou e que o de Cirurgia, actualmente com quatro doentes, vai encerrar terça-feira, por o edifício, nomeadamente no piso superior, não oferecer condições.
 

«Praticamente só funciona no hospital o serviço de urgência e o raio x. Hoje mesmo esteve aqui um engenheiro e aconselhou a fechar imediatamente alguns sectores», disse a fonte.
 

 

O presidente do conselho de administração do Hospital, Luís Duarte, em declarações à Agência Lusa, desdramatizou a situação mas confirmou que o edifício, inaugurado há 161 anos, está a abrir rachas e que já foram chamados técnicos para analisar a situação.
 

 

Luís Duarte disse que estão duas enfermarias fechadas mas interrogado sobre se estão a ser transferidos doentes para outros hospitais não confirmou nem desmentiu, dizendo apenas: «não posso pôr em perigo os doentes».
 

Junto a Santiago do Cacém está a ser construído um novo hospital, mas ainda não está pronto nem Luís Duarte sabe quando se fará a inauguração. As obras começaram há sensivelmente quatro anos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.