Hospitais servem comida "fiada" e devem a quase todos os fornecedores
18 julho 2001
  |  Partilhar:

As refeições servidas aos doentes nos hospitais públicos portugueses estão a ser "fiadas" por incapacidade financeira das instituições de saúde, que só ao maior fornecedor do ramo devem cerca de três milhões de contos.  

 

Segundo a Agência Lusa apurou, além das dívidas à restauração, os hospitais estão com o pagamento em falta a praticamente todos os fornecedores: medicamentos, material de consumo clínico, roupas e respectivo tratamento, higiene e segurança.  

 

Isso mesmo confirmou à Agência Lusa o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares (APAH), Manuel Delgado, que classifica o problema como "muito mais complexo, em termos de solução, do que se possa imaginar".  

 

O maior fornecedor de refeições dos hospitais, a "Eurest", revelou à Lusa que o montante que os 24 hospitais servidos pela multinacional devem actualmente é de quase três milhões de contos.  

 

Lusa  

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.