Hospitais gastaram 273.720 euros em fármaco para IVG medicamentosa

Dados revelados pela agência Lusa

27 julho 2008
  |  Partilhar:

Os hospitais portugueses autorizados para realizarem Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG) adquiriram mais de 4.500 embalagens do anti-progestogénico Mifepristone, num total de 273.720 euros, desde que, há um ano, foi autorizada a sua comercialização de uso exclusivo hospitalar.
 

 

De acordo com uma notícia veiculada pela agência Lusa, no segundo semestre do ano passado, os hospitais autorizados para a prática da IVG adquiriram 2.078 embalagens do anti-progestogénico. Já este ano, e até Maio, foram compradas 2.484 embalagens.
 

 

Em Portugal, existem 36 hospitais públicos que podem realizar esta intervenção, um nos Açores e outro na Madeira, além de três instituições privadas.
 

 

De acordo com a Medirex Pharma - a única empresa autorizada a comercializar o Miferistone em Portugal - cada embalagem deste medicamento custa 60 euros. Na aquisição deste fármaco, os hospitais gastaram 273.720 euros.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.