Hospitais do centro com falhas de segurança

Estudo lança avisos e alertas

22 dezembro 2004
  |  Partilhar:

Os serviços de Radiologia e de Esterilização de oito unidades hospitalares da Região Centro apresentam falhas em termos de segurança e higiene do trabalho susceptíveis de prejudicar a saúde dos respectivos profissionais. Esta foi a conclusão de dois investigadores que, ao longo de um ano, no âmbito de um protocolo celebrado pelo Instituto Politécnico de Coimbra, Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho (IDICT) e Serviços de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), interrogaram funcionários dos sectores de Radiologia e Esterilização, a fim de diagnosticarem as falhas deste serviços e apresentarem propostas de melhorias das respectivas condições de trabalho. No caso dos serviços de Esterilização, a falta de formação profissional/baixos índices de escolaridade dos profissionais é uma das principais deficiências apontadas no estudo por Sara Cavaco. A investigadora constatou que cerca de 50 por cento dos funcionários destes serviços possuíam habilitações inferiores ao 9.º ano de escolaridade. O estudo relativo ao sector da Radiologia, realizado por Luís Pedro, destaca aspectos como o facto de a dosimetria (aferição da exposição às radiações) dos profissionais destes serviços não ser realizada integralmente, entre muitos outros factores. Os dois estudos não identificam os hospitais investigados e as falhas detectadas não serão objecto de qualquer atitude sancionatória por parte da Inspecção do Trabalho, que desde há cerca de duas semanas se autonomizou do IDICT, rebaptizado Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (ISHST). Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.