Hospitais demoram mais de um ano a pagar à indústria farmacêutica

Comunicado da Apifarma

07 setembro 2008
  |  Partilhar:

A indústria farmacêutica acusa os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) de deverem mais de 737 milhões de euros aos laboratórios e demorarem mais de um ano para pagar as facturas.
 

 

"O montante das dívidas hospitalares, que ascendiam, em Julho, a mais de 737 milhões de euros, parece não ter fim à vista", denuncia a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) em comunicado publicado pela agência Lusa, após uma reunião geral, realizada quarta-feira passada.
 

 

Os laboratórios acusam os hospitais de estarem "a pagar a um prazo médio sempre crescente", estimando que, em 2008, o prazo médio de recebimento será de 378 dias.
 

 

A denúncia da Apifarma surge a propósito da decisão do Governo de reduzir em 30% o preço dos medicamentos genéricos, medida que considera "extremamente penalizadora".
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.