Homem e computador unificados ?

Experiência liga célula humana a um transístor

05 fevereiro 2001
  |  Partilhar:

Um equipa de investigadores do Instituto de Bioquímica Max-Planck em Martinsried (Alemanha), chefiada pelo Dr. Peter Fromherz, conseguiu estabelecer a primeira ligação entre uma célula humana e um chip de silício. Os sinais eléctricos da célula foram capazes de modular as respostas do chip.
 

 

“Conseguimos resolver o problema da tradução dos impulsos eléctricos biológicos para sinais electrónicos” afirmou o Dr. Fromherz. Nesta experiência uma célula estabeleceu ligações com um micro-circuito. Através da manipulação genética prévia, os canais iónicos foram alterados de forma a aumentar a intensidade do seu sinal.
 

 

Esta experiência abre a porta para uma série de novas perspectivas em medicina. Um caminho é o desenvolvimento de bio-sensores. Estes seriam implantados no corpo e assim poderiam monitorizar fenómenos biológicos, como por exemplo, rejeições pós transplante, permitindo uma terapêutica mais precoce. Outro seria o desenvolvimento de próteses capazes de “traduzirem” as instruções do cérebro em movimentos reais.
 

 

A manipulação e a alteração da propriedade da membrana celular abre os horizontes para um melhor conhecimento de algumas doenças como o cancro, a mucoviscidose e a diabetes.
 

 

David Ferreira
 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: NetDoktor.de

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.