HIV: número de mortos aumenta no mundo

Dados do relatório anual da OMS

24 novembro 2005
  |  Partilhar:

Cerca de 40,3 milhões de pessoas são portadoras de HIV no final deste ano, com 4,9 milhões de novos infectados em relação ao ano de 2004. Estes foram os dados do estudo «Situação da Epidemia da Sida – Dezembro de 2005», apresentado esta semana em várias cidades no globo, pela ONU e Organização Mundial de Saúde (OMS) O relatório anual, citado pela Lusa, sublinha números algo encorajadores na região do Caribe (Bahamas, Barbados, Bermudas, República Dominicana e Haiti), que apontam para um número reduzido de HIV entre mulheres grávidas, um aumento de uso do preservativo entre profissionais do sexo e um alargamento dos serviços de assistência e testes voluntários de HIV a nível mundial.Contudo, existem zonas onde a epidemia continua a aumentar. A África subsaariana é ainda a zona mais afectada. Nesta zona, 25,8 milhões de pessoas viviam com HIV e 2,4 milhões de pessoas morreram com Sida em 2005, segundo a OMS. Este ano, a OMS calcula em 3,2 milhões (64 por cento) o número de novos casos de infecção por HIV na região.O número de infectados cresce também na América Latina, onde actualmente 1,8 milhões de pessoas vivem com HIV. Só em 2005 foram registados 200.000 novos casos de contágio. Os maiores aumentos de novos infectados (1,6 milhões) registaram-se na Europa Oriental e na Ásia Central. A iniciativa global «3 por 5» da OMS aponta para oferecer tratamento antiviral de prolongamento da vida a três milhões de pessoas a viver com HIV /Sida no fim do corrente ano. MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.