HIV: Investigadores infectam ratinhos com êxito

Cientistas texanos anunciam descoberta

23 abril 2007
  |  Partilhar:

 

Investigadores norte-americanos relataram no “Journal of Experimental Medicine” terem conseguido infectar, com sucesso, ratinhos com HIV via transmissão rectal. Este facto, dizem os cientistas, pode ser um “avanço científico significativo para o tratamento e prevenção da SIDA”.
 

 

"Este é o primeiro modelo em que se pode demonstrar a transmissão do HIV por uma via normal", afirmou J. Victor Garcia, líder da equipa e professor de Medicina no Centro Médico da University of Texas, Austin.
 

 

Estudos recentes já tinham relatado casos de infecção em ratinhos, mas o sistema imunitário desses animais não era tão “humanizado” quanto os roedores usados nesta última investigação. Os ratinhos nasceram sem sistema imunitário próprio; desenvolveu-se um sistema imunitário humano após o transplante de tecido fetal humano do fígado e do timo, bem como de células imunitárias humanas.
 

 

Após terem sido introduzidas partículas do HIV nos rectos dos ratinhos, seis em sete mostraram sinais de infecção pelo VIH. Três de quatro ratinhos produziram anticorpos contra o vírus, tal como fazem os humanos. No momento da autópsia, foi identificada a produção de HIV nos nódulos linfáticos, baço, pulmões, intestinos e tractos reprodutivos masculinos e femininos.
 

 

“A produção de uma resposta imunitária pelo corpo dos ratinhos sugere que poderão ser usados para testar candidatos a vacina para o HIV”, disse Garcia. Poderão também representar um avanço importante na procura de microbicidas protectores para aplicação rectal e/ou vaginal.
 

 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.