HIV: EUA recomenda análises de rotina dos 13 aos 64 anos

Recomendação dos CDC

26 abril 2007
  |  Partilhar:

 

As autoridades federais de saúde dos EUA recomendaram a realização de análises de rotina para despistagem do vírus da imunodeficiência humana (VIH) a todos os cidadãos com idades entre 13 e 64 anos.
 

 

Na perspectiva dos Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos EUA, as análises de HIV deverão tornar-se tão comuns como as de despistagem de hipercolesterolemia.
 

 

As recomendações não são legalmente vinculativas, mas influenciam o trabalho dos médicos e a cobertura dos programas de assistência social.
 

 

Anteriormente, o CDC só recomendava análises de rotina a pessoas com alto risco de contrair o vírus, como consumidores de drogas por via intravenosa, homossexuais, ou a pessoal hospitalar ou de outras instituições que trabalham em áreas onde é comum o HIV, bem como a todas as grávidas. Ao abrigo das novas orientações, os pacientes deverão ser submetidos à despistagem do HIV juntamente com a bateria de análises que lhes é exigida quando procuram tratamento num serviço de urgência, ou mesmo numa consulta médica de rotina, mas podem recusar a análise.
 

 

O CDC levou cerca de três anos a preparar estas recomendações, tendo nesse trabalho consultado mais de uma centena de organizações, incluindo associações de médicos e defensores de pacientes com HIV.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.