Hipotiroidismo relacionado com o cancro do fígado nas mulheres

Estudo publicado na revista “Hepathology”

20 maio 2009
  |  Partilhar:

As mulheres que sofrem de hipotiroidismo prolongado têm um risco aumentado de desenvolverem cancro do fígado. Pelo contrário, está doença não está associada ao risco de desenvolvimento de cancro no fígado nos homens, revela um estudo publicado na revista “Hepathology”.

 

O hipotiroidismo é uma condição clínica que resulta de uma produção insuficiente de hormonas tiroideias pela tiróide. A glândula da tiróide produz hormonas, a T4 e T3, que controlam o metabolismo e uma produção baixa destas hormonas poderá afectar todas as funções do organismo.

 

Estudos anteriores já tinham revelado que as hormonas tiroideias estavam envolvidas no metabolismo lipídico e na oxidação dos ácidos gordos, havendo também evidências de que o hipotiroidismo estava relacionado com a esteatose hepática não-alcoólica. No entanto, a associação entre esta doença e o cancro do fígado não era ainda clara.

 

De forma estudar esta questão, investigadores da Universidade do Texas, em Houston, EUA, compararam a ocorrência e a natureza da doença da tiróide em 420 pacientes com carcinoma hepatocelular, o mais comum dos cancro do fígado, e num grupo de 1.104 indivíduos saudáveis.

 

Os investigadores, liderados por Manal M. Hassan, após terem considerado variáveis que poderiam influenciar os resultados, tais como factores demográficos, consumo de álcool e história familiar de cancro, descobriram que, em comparação com os indivíduos saudáveis, as mulheres que sofriam de hipotiroidismo há mais de 10 anos tinham um risco 2,9 vezes maior de desenvolveram cancro do fígado.

 

O estudo revelou ainda que, se os pacientes também sofressem de diabetes e estivessem infectados com o vírus da hepatite, o risco de sofrerem de hipotiroidismo aumentava 9,4 vezes e 31, 2 vezes, respectivamente.

 

Em declarações à agência Reuteurs Health, os investigadores revelam que “é necessário realizar mais estudos em diferentes populações, para confirmar a associação entre hipotiroidismo e cancro do fígado e identificar os mecanismos subjacentes aos factores de predisposição genética que poderão contribuir para a susceptibilidade do desenvolvimento do carcinoma hepatocelular na presença de distúrbios da tiróide.”

 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.