Hipnose perigosa

Especialistas alertam para riscos do programa televisivo «Sono da Verdade»

01 maio 2003
  |  Partilhar:

Professores universitários e especialistas em hipnose criticaram hoje o programa da SIC «Sono da Verdade», salientando os danos que ele pode provocar nos seus participantes e recordando que estes poderão, mesmo tendo dado consentimento prévio, apresentar reclamação legal.
 

 

A crítica é feita numa carta aberta assinada pelo presidente da Imaginal - Associação Portuguesa de Hipnose Clínica e Experimental, José Marto, pelo director do Curso de Pós- Graduação de Hipnose em Clínica Médica, da Faculdade de Medicina de Lisboa, Mário Simões, e pelo Presidente da Direcção da Alubrat - Associação Luso-Brasileira de Psicologia Transpessoal, secção de Psicoterapias, Vítor Rodrigues.
 

 

A carta, referem os subscritores, surge por «imperativos éticos e pedagógicos» e alerta para o facto de ser «perigoso passar a ideia de que muito, ou tudo, pode ser resolvido em sessões ‘terapêuticas’ de curta duração (uma espécie de fast food da psicoterapia) quando as sessões a sério são bem mais longas e fazem parte de um processo».
 

 

Nesse processo, referem os especialistas, «muitas vezes fazem-se sessões igualmente longas, sem práticas hipnóticas, somente para integração do ocorrido em prática clínica hipnótica», avaliando-se «a posteriori» o impacto ocorrido e «digerindo» os conteúdos vivenciados durante o estado modificado de consciência.
 

 

É perigoso, referem, não se proceder, assim, pelo que «qualquer paciente (do «Sono da Verdade») pode mais tarde, mesmo com consentimento, apresentar reclamações legais por danos potenciais de que não foi totalmente informado ou por procedimentos de má clínica, cujas implicações foram nocivas ao seu bem estar pessoal ou social, tal como em medicina médica».
 

 

Os peritos questionam se os pacientes são informados de que durante a hipnose irão ter menos controlo sobre si e dos riscos da sua exposição perante si próprios e perante o público.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.