Herpes ocular aumenta risco de AVC

Estudo publicado na revista “Neurology”

12 março 2010
  |  Partilhar:

As pessoas com herpes ocular correm um risco elevado de sofrerem um acidente vascular cerebral (ACV), refere um estudo publicado na revista “Neurology”.

 

Uma equipa de cientistas da Universidade de Taipei, na China, analisou registos de uma base de dados nacional e identificou 658 adultos tratados para o herpes oftalmológico. Os dados de cada um destes pacientes foram comparados, de modo aleatório, com os de 3 pacientes sem herpes, da mesma idade e género (num total de 1.974 pessoas).

 

Foi verificado que 8% dos 658 homens e mulheres com a infecção sofreram um AVC enquanto, nos que não apresentavam herpes, a percentagem de AVC foi de 2%.

 

A equipa considerou outros factores associados à alta incidência de AVC, tais como a idade e doenças crónicas, nomeadamente hipertensão, diabetes e doença cardíaca. Mesmo assim, e segundo os cientistas, o herpes oftalmológico quadruplicou o risco de ACV.

 

Os resultados não provam que o herpes oftalmológico cause AVC, mas reforçam a associação entre as duas condições.

 

Recentemente, a mesma equipa verificou que os pacientes que tinham sido tratados contra qualquer tipo de herpes, até um ano após o aparecimento da infecção tinham uma taxa de AVC levemente superior à apresentada por um grupo de controlo da mesma idade (1,7 versus 1,3%). A relação foi especialmente sólida entre os que tinham tido herpes oftalmológico.

 

Por isso, o líder da investigação, Jau-Der Ho, alerta as pessoas que tenham herpes ocular para a necessidade de reduzir os riscos de AVC, deixando de fumar, controlando a pressão arterial e, nos diabéticos, o nível de açúcar no sangue.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar