Hérnias inguinais: desenvolvida uma nova técnica cirúrgica

Procedimento desenvolvido por dois cirurgiões portugueses

21 janeiro 2013
  |  Partilhar:

Dois cirurgiões portugueses desenvolveram uma técnica cirúrgica para tratamento de hérnias inguinais que permite realizar do dobro das intervenções em relação às outras técnicas.
 

Os investigadores Augusto Lourenço, cirurgião no Hospital da Guarda, e Rui Soares da Costa, Centro Hospitalar de S. João, no Porto, revelaram à agência Lusa que este procedimento cirúrgico está a despertar o interesse de especialistas internacionais e está já a ser implementado em alguns hospitais europeus.
 

Na verdade, desde 2012 que cirurgiões de toda a Europa se têm deslocado ao Centro Hospitalar de S. João para se familiarizarem com esta nova intervenção cirúrgica.
 

“Já vieram cá cerca de 40 e virão pelo menos outros 40 até maio”, disse Rui Soares da Costa, acrescentando que “num hospital de Copenhaga, em seis meses, realizaram cerca de 100 intervenções, o que diz da importância que passou a ter este sistema”.
 

De acordo com o estudo já realizado em quase mil doentes ao longo destes anos, esta técnica “apresenta melhores resultados quanto à dor pós-operatória e crónica, complicações precoces e tardias, recorrências, menor tempo operatório, menor tempo de internamento, menor tempo necessário de retoma ao trabalho e maior grau de satisfação do que os outros métodos utilizados”, explicaram os investigadores.
 

“O aumento do número destas cirurgias é de tal forma notório que as listas de espera caíram drasticamente. Em 11 meses reduzimos a lista de espera em cerca de 60% neste tipo de patologia”, disse Rui Soares da Costa.
 

Augusto Lourenço acrescentou que esta intervenção “demora, em média, metade do tempo do que as outras técnicas, além de permitir uma rápida recuperação, um baixo nível de complicações e uma ausência de dor crónica”.
 

A hérnia inguinal, que surge na zona da virilha, é cerca de quatro vezes mais frequente nos homens do que nas mulheres. Em Portugal realizam-se cerca de 17 mil procedimentos cirúrgicos anuais por hérnia inguinal, sendo uma das cirurgias mais realizadas no nosso país.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.