Hepatite C associada a um maior risco de cancro no rim

Estudo publicado no “Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention”

20 abril 2010
  |  Partilhar:

A infecção pelo vírus da hepatite C (HCV) aumenta o risco de cancro no rim, avisa um estudo publicado na revista “Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention”, o qual sugere aos especialistas um despiste rigoroso para o HCV quando o paciente é diagnosticado com este tipo de tumor.

 

Para o estudo, médicos do Hospital Henry Ford, nos EUA, usaram os dados administrativos do próprio hospital, num total que ascendia aos 67 mil pacientes. Verificaram que, no período de 1997 a 2008, 0,6% dos pacientes com hepatite C desenvolveram cancro no rim e que apenas 0,3% dos pacientes sem a doença também desenvolveram esse cancro.

 

Após terem analisado os dados referentes à idade, género, raça e presença de doença renal anterior, concluíram que os pacientes infectados com hepatite C tinham quase o dobro do risco de desenvolver este tipo de tumor.

 

"Estes resultados mostram que o vírus da hepatite C provoca doenças que se estendem além do fígado. Na verdade, a maioria dos nossos pacientes com cancro renal infectados com HCV teve apenas lesões hepáticas mínimas", disse, em comunicado de imprensa, o autor principal do estudo, Stuart C. Gordon.

 

O estudo também verificou que, em média, os pacientes com HCV positivo e cancro do rim eram significativamente mais jovens do que os pacientes HCV negativo com o tumor, dado o cancro do rim ser um tipo de cancro que geralmente atinge pessoas mais velhas.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.