Hepatite B e C: programas de vacinação e rastreio deveriam ser implementados

Recomendações de um grupo de especialistas

24 abril 2012
  |  Partilhar:

A União Europeia e os Estados membros deveriam implementar um programa de vacinação para a hepatite B e programas de rastreio para as hepatites B e C, de acordo com um grupo de especialistas para as hepatites virais e cancro do fígado.

 

O objetivo é controlar e prevenir a propagação das hepatites virais, dá conta o documento “Fazer a ponte entre as hepatites virais o cancro do fígado”, apresentado no Congresso Internacional do Fígado, organizado pela Associação Europeia para o Estudo do Fígado, que decorreu entre os dias 18 e 22 de abril, em Barcelona.

 

No documento estão presentes 15 recomendações para as hepatites virais e para o cancro do fígado, desenvolvidas na sequência de um ‘workshop’ levado a cabo pelo Parlamento Europeu, em novembro, pelos deputados europeus Thomas Ulmer e Stephen Hughes.

 

Na lista das recomendações, à qual a agência Lusa teve acesso, o grupo de peritos aponta que a grande maioria dos casos de cancro de fígado podia ser prevenida com uma gestão apropriadas das hepatites virais B e C e que, por isso, são necessárias medidas específicas que assegurem a deteção precoce destas hepatites, cirroses e cancro do fígado.

 

Assim, o grupo de especialistas propõe uma abordagem feita em três eixos: prevenção, vigilância e rastreio e melhores tratamentos.

 

“As medidas de prevenção devem ser oferecidas, tal como a monitorização dos grupos de alto risco para detetar casos de hepatites virais, cirroses e cancro de fígado”, dá conta no documento.

 

Por outro lado, foi também proposto que a União Europeia implemente um programa de vacinação para a hepatite B e um programa de rastreios para as hepatites B e C, de forma a prevenir um aumento do número de casos. Também foi sugerida a partilha de boas práticas e que os Estados membros implementem estratégias holísticas de prevenção.

 

A hepatite viral causa até 78% dos casos de cancro do fígado, sendo este a terceira causa mais comum de morte por cancro em todo o mundo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.