Heparina standard contaminada retirada do mercado

Nota do INFARMED

11 junho 2008
  |  Partilhar:

Devido aos riscos associados à utilização de medicamentos contaminados com sulfato de condroitina hipersulfatado, o INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento) anunciou retirar do mercado todos os lotes de heparina standard contaminados.
 

 

Na nota publicada no site oficial, o INFARMED refere que a decisão teve por base dados analisados pela Agência Europeia de Medicamentos (EMEA). “Como a retirada do mercado de todos os medicamentos com enoxaparina contaminada levaria à ruptura de stocks e, consequentemente, os doentes ficariam sem tratamento, o Comité Científico de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) concluiu que os médicos poderão continuar a utilizar a enoxaparina com baixos níveis de sulfato de condroitina hipersulfatado no tratamento de doentes, temporariamente, até à resolução desta situação”, informa o comunicado.
 

 

Foram, no entanto, feitas as seguintes recomendações:
 

 

- Evitar a administração intravenosa ou intra-arterial de enoxaparina;
 

- Monitorizar atentamente os doentes relativamente aos sinais de reacção alérgica. Os doentes deverão receber tratamento antialérgico se essas reacções ocorrerem;
 

 

Como medida de precaução, deverá ser ainda evitada a administração a grávidas, se existirem outros medicamentos alternativos ou enoxaparina não contaminada.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.