Hemorragia na gravidez do primeiro filho aumenta riscos na segunda

Estudo publicado na revista “Obstetrics & Gynecology”

12 maio 2010
  |  Partilhar:

As mulheres que sangram no início da gravidez, mas que não perdem o embrião, correm um maior risco de ter complicações, aponta um estudo publicado na revista “Obstetrics & Gynecology”.

 

De acordo com vários estudos, metade das grávidas com hemorragia precoce tem um aborto às 20 semanas de gravidez; as que sangram mas não perdem o embrião tendem a sofrer complicações durante a gravidez.

 

Neste novo estudo, os autores investigaram se este risco se estende à gravidez seguinte.

 

Para este trabalho, liderado por Jakob Alexander Lykke, do Roskilde Hospital, em Roskilde, EUA, foi analisado o historial clínico de 800 mil mulheres dinamarquesas que tiveram o seu primeiro filho entre 1978 e 2007, assim como de um subgrupo composto por 540 mil mulheres que deram à luz o seu segundo filho durante o mesmo período.

 

Através da análise dos dados, os investigadores verificaram que 2% das mulheres de ambos os grupos tinham sangrado no primeiro trimestre. Destas, 6% tiveram os seus bebés entre a 32ª e a 36ª semana de gestação, uma diferença de 4% relativamente às que não tinham sangrado.

 

O parto muito prematuro (entre a 28ª e a 31ª semana) também foi mais comum nas mulheres que tinham sangrado do que nas que não tinham tido hemorragia (0,3 versus 0,9%). O mesmo ocorreu com a complicação chamada desprendimento prematuro da placenta (1 versus 1,4%).

 

Para além disso, 6% das mulheres com hemorragia no primeiro trimestre e 5% das mulheres que não tinham sangrado sofreram uma ruptura prematura de membrana, ou seja, quando a bolsa onde se encontra o feto envolto no líquido amniótico se rompe dando início ao trabalho de parto.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.