Halibut suspenso devido a transpiração de água na pomada

Nota do INFARMED

14 março 2007
  |  Partilhar:

 

A autoridade portuguesa do medicamento ordenou a suspensão imediata da comercialização de 13 lotes da pomada Halibut, um adjuvante da cicatrização, em virtude de o seu fabricante ter detectado um processo de transpiração de água no produto.
 

 

Uma nota do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED) indica que o fabricante desta pomada (composta por óxido de zinco, retinol e colecalciferol) detectou "um processo de exsudação de água a partir da pomada em algumas embalagens".
 

 

Trata-se de embalagens pertencentes a 13 lotes de Halibut (50 gramas), cuja validade termina a Agosto de 2009. O fabricante já se encontra a recolher voluntariamente estes lotes, acrescenta o INFARMED.
 

 

O Halibut é um medicamento que não necessita de receita médica e está indicado no tratamento de assaduras nos bebés, queimaduras, Eczemas ou Acne.
 

 

Fontes: Lusa e INFARMED
 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.