Há mais mulheres do que homens no mercado laboral

Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico

03 maio 2011
  |  Partilhar:

Em todo o mundo, as mulheres estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho. Em Portugal representam já mais de 60% da força laboral, um valor acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), de 59,6%.

 

De acordo com um relatório da OCDE, citado pelo “Jornal de Notícias”, em Portugal, a proporção de mulheres no mercado de trabalho, em 2009, era de 61,6%, um valor acima da média da Organização.

 

O estudo "Doing better for families", conclui ainda que as mulheres participam cada vez mais em trabalhos remunerados, apesar das diferenças na intensidade laboral entre homens e mulheres. "Em todos os países da OCDE, uma percentagem muito maior de emprego feminino é em regime de part-time": 21,7% das mulheres trabalha a tempo parcial, contra apenas 4,4% dos homens a trabalhar neste regime.

 

Em Portugal, esta diferença é menos acentuada, sendo que menos de 10% do emprego feminino é a tempo parcial, à semelhança do que se verifica na República Checa, Finlândia, Estónia, Hungria, Eslováquia e Eslovénia. Por oposição, na Alemanha, Holanda, Suíça e Reino Unido mais de 35% do trabalho feminino é em regime de part-time.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.