Há falta de médicos em Portugal

Ministro da Saúde reconhece dificuldades

05 novembro 2003
  |  Partilhar:

O ministro da saúde reconheceu segunda-feira que há hospitais em dificuldades por falta de médicos, designadamente nos serviços de obstetrícia e pediatria, mas negou a intenção de fechar qualquer maternidade.Luís Filipe Pereira, que visitou na manhã de segunda-feira o Instituto Português de Oncologia do Porto, comentava a intenção da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos de divulgar uma lista com os hospitais do país que possuem serviços de obstetrícia sem condições mínimas de funcionamento e que as grávidas devem evitar.Luís Filipe Pereira referiu que as principais dificuldades se relacionam com o facto de grande parte dos clínicos se encontrar na faixa etária dos 50/60 anos, o que reduz o número de profissionais disponíveis para fazer urgência.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.