Guterres quer mais médicos, enfermeiros e paramédicos
07 outubro 2001
  |  Partilhar:

O primeiro-ministro revelou hoje que o governo vai expandir a formação de médicos e de enfermeiros e lançar cursos para técnicos paramédicos em diversos sectores da saúde.
 

 

António Guterres reconheceu que além da falta de médicos, «o país enfrenta uma notória falta de enfermeiros e, também, de técnicos paramédicos, que são essenciais num sistema de saúde moderno».
 

 

O chefe do executivo falava em Braga durante a abertura oficial do ano lectivo da Escola de Ciências da Saúde, a unidade orgânica mais recente da Universidade do Minho que vai ministrar o novo curso de Medicina.
 

 

Para António Guterres, «uma resposta cabal aos problemas da saúde passa pela distribuição espacial dos médicos, pela distribuição por especialidades e pelo combate ao progressivo envelhecimento profissional que se verifica no sector».
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar