Guimarães: Ainda não se conhece vírus que matou 5 crianças

Pneumonia pode não ser a única infecção

15 abril 2003
  |  Partilhar:

As mortes das cinco crianças que passaram pelo Hospital Senhora da Oliveira (Guimarães) podem não ter sido todas causadas por pneumonia, mas sim por outro tipo de infecções respiratórias. «Não sei se a designação de pneumonia não terá sido usada abusivamente» nalguns dos casos, admitiu ontem ao PÚBLICO o director-geral e alto comissário da saúde, Pereira Miguel, um dos responsáveis pelo encerramento da ala pediátrica do hospital, justificada como «medida cautelar».
 

 

A pneumonia é um dos vários tipos de infecção respiratória, classicamente uma inflamação do pulmão, e provoca em média a morte de cerca de duas dezenas de crianças por ano em Portugal. Por enquanto, Pereira Miguel conseguiu apenas apurar que nalguns destes casos o agente da infecção terá sido o adenovírus (ver coluna). Mas faz questão de lembrar que todas as crianças tinham «outras patologias associadas», o que as tornava mais vulneráveis a infecções.
 

 

O PÚBLICO sabe, todavia, que o último caso fatal não se enquadrava dentro deste perfil. A menina de dois anos que no domingo morreu no Hospital de S. João, depois de ter estado internada no serviço de Pediatria do Hosital de Guimarães, não apresentava qualquer factor de risco, segundo garantiu um responsável daquela unidade de saúde.
 

 

Leia mais no:Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.