Grupo de missão para a saúde com mandato renovado

Conselho de Ministros nomeia Alberto Amaral e aprova medidas para o ensino nesta área

26 agosto 2002
  |  Partilhar:

O Governo decidiu dar continuidade ao trabalho do Grupo de Missão para a Saúde, constituído pela primeira vez em finais de 1998 e desde então sob a liderança de Alberto Amaral, ex-reitor da Universidade do Porto. A decisão foi aprovada no último Conselho de Ministros (CM) e integra-se num pacote mais vasto de medidas que visa "assegurar as necessidades de formação superior na área da saúde" e garantir que essa formação se revista da "indispensável qualidade".
 

 

O renovado "grupo de acompanhamento" continuará a ser presidido por Alberto Amaral e terá como uma das funções a emissão de pareceres acerca dos pedidos de abertura de novas formações na área da saúde, bem como sobre a criação ou transformação de estabelecimentos de ensino superior que leccionem Medicina, Medicina Dentária, Enfermagem ou Tecnologias da Saúde. Já este ano, o Grupo de Missão chumbou três propostas de universidades privadas - Fernando Pessoa, Lusófona e Vasco da Gama - para a criação de cursos de Medicina, com o argumento de que nenhum dos projectos contribuiria para melhorar a qualidade do ensino médico em Portugal.
 

 

Veja mais no Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.