Gripe: vacina em aerossol nasal imuniza melhor as crianças

Estudo do NIAID dos EUA

21 setembro 2011
  |  Partilhar:

As crianças com menos de três anos recebem, mais ou menos, o mesmo grau de protecção da vacina contra a gripe, independentemente de qual método (injecção, spray nasal ou um de cada) usado para administrar as duas doses recomendadas, de acordo com um estudo encomendado pelo governo norte-americano.

 

No entanto, os investigadores do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (NIAID) dos EUA revelaram que as crianças que recebem pelo menos uma dose da vacina por spray nasal tiveram uma resposta imunológica mais ampla, o que poderia melhorar a sua protecção contra muitas estirpes diferentes do vírus da gripe. A vacina por aerossol aplicada no nariz contém vírus vivo atenuado, o que significa que o vírus vivo está enfraquecido ou muito modificado.

 

Crianças pequenas recebem duas doses da vacina contra a gripe, que é conhecido como uma combinação de indução e reforço. A primeira dose é administrada para induzir o sistema imunológico a produzir anticorpos, enquanto a segunda reforça ou desencadeia uma resposta imunológica.

 

Para conduzir o estudo, os investigadores examinaram 54 crianças, entre os seis e 35 meses de idade, durante dois anos.

 

Durante este período, todas as crianças receberam uma dose de indução da vacina contra a gripe sazonal e uma dose de reforço um mês depois. As crianças foram divididas em dois grupos e receberam doses das seguintes maneiras: duas doses da vacina da gripe; duas doses de spray nasal de vírus vivo atenuado; o spray nasal seguido da injecção; a injecção seguida de spray nasal. Os investigadores verificaram que os quatro grupos de crianças estavam seguros e obtiveram valores semelhantes de anticorpos protectores.

 

No entanto, apenas as crianças que receberam o vírus vivo atenuado produziram quantidades significativas de três importantes células T protectoras específico para o vírus influenza, acrescentaram os cientistas. Também verificaram que os efeitos foram semelhantes se as crianças recebessem apenas uma ou ambas as doses de spray nasal. Entre as crianças que receberam uma injecção e uma vacina de spray nasal, a ordem das doses não conduziu a qualquer diferença.

 

O estudo indicou que o vírus vivo atenuado da gripe tem sido associado com sibilância nas crianças. Como resultado, os investigadores concluíram que o melhor esquema de vacinação para crianças com menos de 24 meses poderia ser uma dose injectada seguida por uma dose de vacina contra a gripe sazonal, com vírus vivo atenuado.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.