Gripe das aves mata na Ásia, OMS admite transmissão humana do vírus

Análises em Portugal com resultados negativos

02 fevereiro 2004
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu no domingo ser «possível» que duas jovens vietnamitas, mortas pelo vírus da gripe aviária, possam ter sido contaminadas pelo irmão, no que seria o primeiro caso de transmissão humana da doença.Em comunicado divulgado em Hanói, a OMS indica que um inquérito à morte, a 23 de Janeiro, de duas irmãs, de 23 e 30 anos de idade e que registaram testes positivos ao vírus H5N1, «não pôde identificar de forma conclusiva a fonte da infecção», mas considera «que uma transmissão humana limitada, do irmão às duas irmãs, é uma explicação possível». As duas irmãs fazem parte de uma família de quatro pessoas contaminadas pela gripe das aves na província de Thai Binh, no norte do Vietname. O irmão morreu pouco antes das duas jovens e a sua viúva, também infectada, está hoje curada.Entretanto, o vírus da gripe das aves fez esta segunda-feira duas novas vítimas mortais na Ásia, um jovem de 18 anos, no Vietname, e uma mulher de 58, na Tailândia, anunciaram as autoridades locais.Em Hanoi, o director-adjunto do hospital de doenças tropicais anunciou a morte de um jovem da etnia Koho, que constitui, de acordo com os números oficiais das autoridades vietnamitas, a nona vítima mortal do vírus.Em Banguecoque, o director do departamento de controlo de doenças anunciou a morte de uma mulher da província de Suphan Buri, que fazia parte de uma lista de mortes suspeitas de terem sido causadas pelo vírus.Ascende assim a três o número de casos mortais confirmados na Tailândia, mas a lista de casos suspeitos atinge os 18, entre os quais nove doentes já falecidos, estando ainda em curso exames para confirmar a causa do óbito.Em Portugal, e segundo fonte oficial do Ministério da Agricultura, mais de 2.400 amostras de aves foram analisadas no ano passado em Portugal para despistagem da gripe das aves e todos os resultados foram negativos. Para cumprir o plano de vigilância da gripe das aves em vigor em Portugal, foram analisadas 2.434 das cerca de 180 milhões de aves que passam pelos matadouros portugueses anualmente. Todas as análises realizadas em 2003 apresentaram resultados negativos e as autoridades estão ainda a recolher a informação relativa às análise feitas este ano. Portugal não importa nem animais nem carne de aves dos países asiáticos, salientam as autoridades veterinárias.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.