Gripe ataca em França

Mais de meio milhão de pessoas infectadas

03 dezembro 2003
  |  Partilhar:

O governo francês ordenou que os hospitais parisienses tomem medidas urgentes para combater a gripe e gastroentrite. Depois de, em Agosto, o executivo ter sido fortemente criticado por ter reagido tardiamente à vaga de calor, a equipa de Jean-Pierre Rafarrin quer agora dar mostras de eficiência, informa a Reuters. Nas últimas semanas, mais de meio milhão de pessoas, incluindo crianças, apanharam gripes, gastroentrites e bronquites - um especialista referiu que a tripla epidemia atingiu agora o seu pique. A cobertura dos meios de comunicação social - mostrando salas de espera cheias e pessoal médico a ser chamado em dias de folga ou de férias -, alarmou as pessoas e fez subir o número de utentes que decidiram ir ao médico de família ou ao hospital. Desta vez a preocupação é com os mais novos. O número de crianças que chegaram, no final da semana, às urgências hospitalares aumentou um terço relativamente ao ano passado, segundo uma pesquisa feita em 39 hospitais da região de Paris. Pelo menos dois hospitais periféricos à capital decidiram pôr em prática o plano de emergência nacional, o que significa que podem chamar médicos e enfermeiros que estejam de férias ou de folga.Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.