Gripe A: União Europeia define grupos prioritários para vacinação

Doentes crónicos, grávidas e profissionais de saúde

27 agosto 2009
  |  Partilhar:

Os grupos prioritários para receberem a vacina contra a gripe A (H1N1) deverão ser as grávidas, os doentes crónicos e os profissionais de saúde, recomenda o Comité de Saúde Pública da União Europeia.

 

Em relação aos doentes crónicos, com mais de seis meses de idade, a vacinação deve começar pelos que apresentam sintomas mais graves. Este grupo deverá ainda incluir pessoas com imunodeficiência congénita ou adquirida.

 

Assim que a vacinação destes grupos esteja concluída, o processo deve continuar até as metas nacionais estabelecidas pelos Estados-membros serem atingidas, ainda segundo aquele Comité.

 

A proposta para a criação destes grupos prioritários de vacinação foi apresentada pela Comissão Europeia, tendo recebido esta semana o aval do referido Comité.

 

O documento aprovado sublinha que cada Estado-membro tem a responsabilidade de definir uma estratégia de vacinação contra a gripe A. Em declarações à agência Lusa, a ministra da Saúde, Ana Jorge, disse que “em princípio” Portugal irá adoptar a estratégia de vacinação contra a gripe A proposta pelo Comité de Saúde Pública da União Europeia.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.