Greve de trabalhadores do hospital S. João no Porto com 70% de adesão
19 abril 2001
  |  Partilhar:

A greve dos trabalhadores do Hospital de S. João do Porto, de protesto contra as normas de utilização do parque de estacionamento, está a registar uma adesão próxima dos 70%.
 

 

Rui Gândara, do Sindicato de Enfermeiros Portugueses, revelou que os blocos operatórios e o sector dos exames de diagnóstico são os mais afectados pelo protesto.
 

 

Os trabalhadores decidiram avançar para dois dias de greve - o segundo realiza-se segunda-feira - para exigir a suspensão imediata das medidas implementadas.
 

 

Reclamam a não discriminação no acesso ao parque de estacionamento de qualquer trabalhador ou aluno e o não pagamento da utilização do parque.
 

 

Opinião diferente tem a administração do Hospital que, pela voz do director Jaime Duarte, disse não notar "grandes anomalias" no funcionamento do S. João.
 

 

O director referiu que os motivos da paralisação são fúteis, porque a redução de lugares de estacionamento vai trazer mais segurança e acabar com a “bagunça”.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.