Gravidez na adolescência continua a diminuir…

…mas faixa etária abaixo dos 17 anos permanece constante

22 dezembro 2003
  |  Partilhar:

A gravidez na adolescência (até aos 19 anos, segundo a definição da Organização Mundial de Saúde) tem vindo a descer gradual e sustentadamente em Portugal ao longo dos últimos anos, mas na faixa etária abaixo dos 17 anos permanece constante. Mais número menos número, em cada ano são cerca de mil as raparigas nestas idades que têm um filho. O ano passado não foi excepção: 1055 jovens entre os 12 aos 16 anos foram mães, apenas menos três do que em 2001, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística; na faixa etária entre os 12 e os 15 anos, os números de 2002 suplantam até os do ano anterior. Na aridez dos dados estatísticos, descortina-se mesmo o caso de uma adolescente que, aos 14 anos, já era mãe pela segunda vez. O problema da gravidez na adolescência em jovens até aos 16 anos - a faixa etária que mais preocupa os especialistas, por serem maiores os riscos clínicos e sociais que uma gravidez nestas idades acarreta -, continua a ser uma dor de cabeça para todos os que trabalham nesta área e mereceu mesmo destaque no relatório «Ganhos de Saúde em Portugal» no início deste ano apresentado pelo director-geral da Saúde, Pereira Miguel. O combate a esta situação é até uma das prioridades destacadas no Plano Nacional de Saúde. Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.