Gravidez: amendoins não aumentam risco de alergia nas crianças

Estudo publicado na revista “JAMA Pediatrics”

03 janeiro 2014
  |  Partilhar:
As mulheres que não são alérgicas aos amendoins podem continuar a consumi-los durante a gravidez, defende um estudo publicado na revista “JAMA Pediatrics”.
 
As mulheres são aconselhadas a evitar ingerir alimentos altamente alergénicos durante a gravidez e aleitamento, como os amendoins e nozes. De acordo com estudos anteriores, as crianças devem também evitar consumir este tipo de frutos até aos três anos de idade. 
 
Estas recomendações feitas pela American Academy of Pediatrics em 2000 tinham como objetivo minimizar a exposição e a sensibilização precoce a este tipo de alimentos e assim reduzir consequentemente o risco das crianças desenvolverem alergia aos amendoins. Contudo, mesmo com este tipo de recomendações o número de casos de alergias aos amendoins triplicou entre 1997 e 2007. 
 
Assim, neste estudo, os investigadores do Departamento de Alergia e Imunologia do Hospital pediátrico de Boston, nos EUA, decidiram estudar a relação entre a dieta materna e o desenvolvimento de alergias pelas crianças. Foram analisados os dados de 8.205 crianças, tendo sido identificados 140 casos de alergias ao amendoim e três casos associados ao consumo de nozes. 
 
Posteriormente, os investigadores, liderados por Michael C. Young, analisaram, durante gravidez, a dieta adotada pelas mães das crianças que desenvolveram alergia, tendo-a comparado com os hábitos dietéticos das grávidas cujos filhos não desenvolveram este tipo de alergia.
 
O estudo apurou que a taxa de alergia ao amendoim foi significativamente mais baixa nas crianças cujas mães tinham ingerido este fruto durante a gravidez. Apesar de este ser um achado relevante, este apenas demonstra que há uma associação entre a dieta materna e o risco de alergia ao amendoim nas crianças. 
 
“Estes resultados não provam que há uma relação de causa efeito. Deste modo, não podemos afirmar com toda a certeza que o consumo de uma maior quantidade de amendoins durante a gravidez irá impedir o desenvolvimento de alergia nas crianças. Contudo, podemos afirmar que o consumo de amendoins durante a gravidez não causa alergia a este alimento nas crianças, revelou, em comunicado de imprensa, Michael C. Young.
 
O investigador acrescentou ainda que estes resultados apoiam a hipótese de que a exposição precoce a alergénios aumenta a tolerância e reduz o risco de alergia alimentar na infância. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.