Gravidez: álcool afeta aprendizagem do feto

Estudo publicado na revista “Alcoholism: Clinical & Experimental Research”

20 setembro 2012
  |  Partilhar:

O consumo de álcool durante a gravidez pode ser prejudicial para a aprendizagem do feto, refere um estudo que será publicado na edição de Dezembro da revista “Alcoholism: Clinical & Experimental Research”.
 

Estudos anteriores, conduzidos após o período pós-natal, já tinham concluído que a exposição do feto ao álcool conduzia a danos no sistema nervoso central, nomeadamente, dificuldades na aprendizagem, na organização e no planeamento, défice de atenção e incapacidade para aprender as consequências das ações. Como resultado estes indivíduos apresentam dificuldades comportamentais e problemas sociais.
 

Neste estudo os investigadores da Queen's University, no Reino Unido, focaram-se no processo de habituação ou seja na capacidade de um organismo parar de responder a um estímulo repetido. Este processo reflete a capacidade do sistema nervoso central aprender e reconhecer um estímulo. Por outro lado, a habituação representa uma forma básica da aprendizagem. Estudos anteriores já tinham concluído que o processo de habituação dos fetos era afetado pela exposição a níveis de oxigénio reduzidos, tabagismo, sedativos, mas ainda não tinha sido explorado qual o efeito da exposição ao álcool na aprendizagem, ou habituação do feto.
 

Assim, neste estudo, os investigadores contaram com a participação de 78 mulheres grávidas, aparentemente saudáveis, que foram questionadas sobre o seu consumo de álcool entre a 12ª e 14ª semana de gravidez, bem como entre a 18ª e 20ª semana de gestação. Posteriormente os fetos foram divididos em cinco grupos distintos tendo por base os consumos de álcool das mães: grupo de controlo, consumo moderado de álcool durante a semana, consumo moderado de álcool durante um curto espaço de tempo, consumo elevado de álcool durante a semana, consumo elevado de álcool durante um curto espaço de tempo.
 

De forma a avaliar qual o efeito da exposição ao álcool no processo de habituação, os fetos ouviram, a partir da 35ª semana de gestação e em três ocasiões diferentes um som de cerca de 2 segundos, reproduzido através da barriga da mãe. A reação dos fetos foi monitorizada com recurso a ultrassonografia, tendo sido avaliado se os fetos se moviam, saltavam, ou se assustavam com o som. O som era repetido a cada 5 segundos e foram registadas as respostas dos fetos em cada repetição. Dada a repetição dos sons, as respostas dos fetos iam se tornando mais fracas e eventualmente, após um dado número de repetições, desapareciam. Os investigadores consideraram então que nesse momento os fetos estavam habituados ao som.

 

O estudo apurou que a exposição ao álcool aumentava o tempo de habituação. Os autores do estudo explicam que quanto mais rápido é o processo de habituação maior capacidade têm os indivíduos em processar a informação, focando a sua atenção apenas nos estímulos relevantes.
 

Os investigadores também observaram que o consumo de álcool, num curto espaço de tempo, estava associado a uma maior variabilidade na aprendizagem dos fetos. Para que os fetos aprendam e se desenvolvam normalmente, o cérebro necessita de estabilidade o que significa que o consumo de bebidas alcoólicas afeta esta função.
 

Os investigadores concluem que a observação do efeito do consumo de álcool antes do nascimento, poderá ajudar a identificar as áreas do cérebro afetadas e a formular novos tratamentos. Adicionalmente, através da identificação dos problemas induzidos pelo consumo de álcool antes do nascimento será possível implementar estratégias precoces e obter melhores resultados. Os autores do estudo referem por último que em todo o caso é melhor evitar o consumo de bebidas alcoólicas durante a gravidez.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.