Grávidas produzem molécula que pode bloquear o HIV

Uma nova esperança na luta contra a SIDA

05 março 2001
  |  Partilhar:

Segundo um estudo norte-americano, a placenta (órgão que liga a mãe ao feto pelo cordão umbilical) produz uma molécula que bloqueia a proliferação do HIV e poderá ser usada num futuro próximo para evitar a transmissão deste vírus de mãe para filho (transmissão vertical).
 

 

Esta molécula, conhecida pelo nome de leukemia inhibitory factor, é muito importante na manutenção da gravidez, isto é, evitar a rejeição do feto pelo sistema imunológico da mãe. Um estudo realizado no Children´s Memorial Hospital in Chicago (Illinois, EUA) em que foram comparados os níveis desta molécula em placentas de mulheres HIV positivas que tinham transmitido a doença aos seus filhos, com o nível presente em placentas de mães também HIV positivas que não tinham transmitido este vírus à sua descendência.
 

 

O resultado foi claro, os níveis de "leukemia inhibitory factor" eram significativamente superiores na placenta de mulheres que tinham bebés não infectados, como foi publicado na edição de Fevereiro do "Journal of Clinical Investigation".
 

 

Em experiências posteriores verificou-se que esta molécula previne a proliferação de várias estirpes do Vírus da Imunodeficiência Humana, sem no entanto inibir o crescimento celular normal nem causar qualquer tipo de dano celular.
 

 

O objectivo da equipa liderada pelo Dr. Bruce K. Paterson, responsável por este estudo, é encontrar formas de aumentar a produção de esta molécula em mulheres infectadas pelo HIV, e investigar as suas potenciais propriedades, tendo como objectivo o desenvolvimento de uma nova arma terapêutica na luta contra a SIDA.
 

 

Uma hormona feminina, a progesterona, que também é produzida pela placenta, aumenta indirectamente a produção de "leukemia inhibitory factor", o que poderá ser útil na redução do risco de transmissão vertical.
 

 

Fonte: Reuters
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.