Grávidas devem tomar antibiótico antes da cesariana

Recomendação do American College of Obstetricians and Gynecologists

22 setembro 2010
  |  Partilhar:

O American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) recomenda que as mulheres que estejam prestes a ser submetidas a um parto por cesariana tomem antibiótico, de modo a prevenir futuras infecções. As novas recomendações foram publicadas na revista “Obstetrics and Gynecology”.

 

Segundo o ACOG, as infecções são as complicações mais comuns decorrentes do parto por cesariana, atingindo entre 10 e 40% das mulheres, contra apenas 1 a 3% das que dão à luz através de parto vaginal.

 

Normalmente, o antibiótico só se administra após uma cesariana, dado acreditar-se que, ao administrá-lo antes do nascimento, os componentes do fármaco passariam para o sangue do bebé e interfeririam com as provas de laboratório do recém-nascido ou poderiam conduzir a infecções resistentes aos antibióticos na criança.

 

"A partir de dados mais recentes, os antibióticos administrados de modo profiláctico às grávidas antes da cesariana reduzem significativamente as infecções maternas e não parecem prejudicar os bebés", assegurou, em comunicado de imprensa do ACOG, William H. Barth Jr., presidente do Comité de Práticas Obstétricas.

 

"Recomendamos que todas as mulheres que são submetidas a cesariana recebam antibióticos antes do início da cirurgia. Idealmente, isto deveria suceder nos 60 minutos anteriores à cirurgia." No caso das mulheres submetidas a cesariana de emergência, devem tomá-los o mais cedo possível, adianta a nota.

 

Contudo, a recomendação não se aplica às mulheres grávidas que estejam já a realizar medicação com antibióticos para outra infecção.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.