Granulócitos ajudam a combater células tumorais

Trabalho publicado na "New Scientist"

27 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

O transplante de granulócitos em doentes oncológicos pode ser eficaz no combate ao tumor, segundo um estudo da Wake Forest University of Medicine, EUA, publicado na revista "New Scientist".
 

 

A equipa retirou amostras sanguíneas de 100 voluntários. Com as amostras, os investigadores misturaram os granulócitos e células do Cancro do Colo do Útero.
 

 

Os granulócitos (neutrófilos) constituem uma fracção importante dos glóbulos brancos (leucócitos) e exercem um papel fundamental na primeira linha de defesa imunitária.
 

 

A experiência permitiu perceber que a mistura do sangue de uma pessoa saudável com as células cancerosas resultou na morte de 97% das células afectadas. Por outro lado, quando a mistura era feita com uma amostra de sangue de uma pessoa vulnerável ou já com a doença, a destruição das células cancerosas ficava-se apenas pelos 2%.
 

 

Os especialistas conseguiram ainda obter outros dados curiosos, como o facto de pessoas com mais de 50 anos ou com elevados níveis de stress não fornecerem granulócitos com capacidade para aniquilar as células tumorais. E que as estações do ano também influenciam a resistência dos granulócitos, que é inferior durante o Inverno.
 

 

Fontes: JN e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.