Governo quer duplicar exportações de medicamentos

Ministro da Saúde aponta três anos como meta

20 março 2006
  |  Partilhar:

 

Dentro de três anos, as exportações de medicamentos deverão duplicar, segundo declarações do ministro da Saúde.
 

 

António Correia de Campos anunciou, na abertura da conferência anual do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED), a intenção do Governo de duplicar, em três anos, as exportações de medicamentos que se situa nos 300 milhões de euros anuais e é "superior ao vinho do Porto". De acordo com o ministro da Saúde, Portugal tem capacidade para duplicar as exportações de medicamentos nos próximos três anos.
 

 

"Esta meta é realista", garantiu António Correia de Campos, segundo o qual o Governo criou condições para a investigação em Portugal através de duas medidas: um fundo de investigação nacional de cinco milhões de euros e um outro que resultará do protocolo com a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma). De acordo com o protocolo com a indústria, as verbas relativas às contribuições das empresas reverterão para um Fundo de Apoio à Investigação em Saúde.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.