Governo baixa preço das vacinas contra doenças tropicais

DGS considera medida "pró-activa" para evitar problemas

08 agosto 2011
  |  Partilhar:

O Governo decidiu descer o preço das vacinas contra doenças como a febre-amarela, a febre tifóide, a raiva e alguns tipos de meningite, que tinha sido aumentado pelo anterior executivo.

 

A descida do preço chega aos 80%, sendo que passa, em alguns casos, dos 100 euros para 15 a 20 euros. O anterior Governo tinha aumentado o preço de 15 cêntimos para 100 euros. A medida, que foi publicada na semana passada, entrou de imediato em vigor.

 

A descida de preço das vacinas contra algumas doenças tropicais foi uma medida “pró-activa” e “oportuna” que visa evitar problemas antes que surjam, explicou à agência Lusa o director-geral da Saúde, Francisco George. “Isto é uma medida pró-activa, uma decisão tomada antes de terem ocorrido problemas devido à falta [de toma] de vacinas”, disse o responsável, sublinhando tratar-se de uma decisão “oportuna”.

 

Segundo explicou, a Direcção Geral da Saúde (DGS) tinha “indicação que, sobretudo pessoas de baixos rendimentos, famílias numerosas, missionários e cooperantes tinham dificuldade em adquirir as vacinas aos preços fixados”. Por isso e antes que surgissem problemas por falta de vacinas, foi necessário rever os preços “de forma a não representarem obstáculos para os viajantes”, adiantou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.