Ginecologista condenado por abuso sexual

Ordem dos Médicos tem dois processos disciplinares contra médico

23 outubro 2008
  |  Partilhar:

A Ordem dos Médicos tem dois processos disciplinares abertos relativamente a um ginecologista que exerce no Hospital de Faro condenado por crimes de abuso sexual a utentes, mas aguarda por uma comunicação oficial das condenações para concluir o caso.
 

 

O jornal “Correio da Manh㔠de quinta-feira noticia o caso de um ginecologista, a exercer medicina no Hospital de Faro e com clínica privada no centro da cidade, que foi condenado por crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência.
 

 

Pelos crimes cometidos em 2004, e que foram praticados na clínica privada de J.V., o médico ginecologista foi condenado pela Justiça a dois anos e três meses por cada crime, traduzindo-se num cúmulo jurídico de três anos de prisão suspensa, uma pena que não obriga a afastamento do cargo de médico.
 

 

Fonte oficial da Ordem dos Médicos adiantou à agência Lusa que há dois processos disciplinares em curso relativamente a este médico, mas que aguardam uma decisão do tribunal, que oficialmente ainda não chegou.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.