Gestos dos bebés podem indicar problemas de aprendizagem
11 julho 2001
  |  Partilhar:

Os gestos dos bebés, durante os primeiros meses de vida, podem revelar problemas na aprendizagem futura. Baseados na observação da linguagem gestual utilizada pelas crianças de tenra idade, uma equipa de psicólogos italianos descobriu a existência de indicadores que demonstram uma propensão para problemas de aprendizagem.
 

 

Movimentos como o apontar o dedo, expressos meses antes do bebé falar, podem revelar algum tipo de problema de comunicação ao longo da vida. As dificuldades podem variar entre lentidão para aprender a falar até a um baixo rendimento escolar.
 

 

Identificar os gestos suspeitos de dificuldades na comunicação pode ser uma solução para evitar problemas na aprendizagem, referiu a líder da investigação, Virgínia Volterra, durante a apresentação do trabalho no Congresso Europeu de Psicologia realizado na semana passada em Londres
 

 

Com apenas um ano de idade, as crianças começam a usar gestos com o objectivo de se aproximarem das pessoas. “Mas, elas (crianças) continuam a depender desta forma de comunicação durante meses, mesmo quando aprendem as primeiras palavras”, explicou à Reuters a investigadora.
 

 

A psicólogas alerta, no entanto, para a urgência de se criar uma maior consciencialização para a relação entre o uso dos gestos e os problemas de aprendizagem. “Os pais e professores devem prestar mais atenção aos gestos das crianças”, alerta Volterra.
 

 

Estimular é a solução
 

 

Uma das soluções para o problema é estimular a aprendizagem da linguagem dos sinais nos primeiros anos de vida.
 

 

 

Durante o estudo, Volterra descobriu que as crianças que aprendem a linguagem dos sinais têm mais atenção e melhores perspectivas de educação.
 

 

Este facto é explicado pela psicóloga por ser um processo visual e exigir uma combinação de gestos e linguagem. E explica: “Quando uma criança combina um gesto e uma palavra para comunicar, como o dizer “mam㔠e apontar para a comida, chamamos isso de combinação de modelo cruzado”. O problema poder-se-á detectar se, ao invés, o bebé não usa esta combinação de linguagens.
 

 

 

Adaptado por: Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.