Gengibre em pó pode combater cancro dos ovários

Estudo apresentado na reunião anual da American Association for Cancer Research

09 abril 2006
  |  Partilhar:

 

O gengibre, além de aliviar náuseas e reduzir inflamações, também pode ser uma arma importante na luta contra o cancro dos ovários, segundo investigadores do Comprehensive Cancer Center da University of Michigan, EUA.
 

 

Os resultados, apresentados durante uma reunião anual da American Association for Cancer Research, em Washington, sugerem que o rizoma pode reduzir a resistência das células cancerígenas aos tratamentos convencionais de quimioterapia.
 

 

Os investigadores descobriram que o gengibre causa a morte das células cancerígenas de duas formas: pela apoptose e pela autofagia. Na apoptose, provoca o suicídio das células, enquanto pela autofagia, elas eliminam-se mutuamente.
 

 

"Em múltiplas linhagens de células cancerígenas descobrimos que a morte celular induzida pelo gengibre tem um índice idêntico ou melhor que o da quimioterapia usada para tratar o cancro dos ovários", afirmou Jennifer Rhode, do Departamento de Ginecologia Oncológica da Escola de Medicina da University of Michigan.
 

 

Os cientistas, liderados por Rebecca Liu, professora auxiliar de Obstetrícia e Ginecologia na universidade, utilizaram gengibre em pó, dissolvido numa solução e colocado num cultivo de células cancerígenas provenientes dos ovários.
 

 

O próximo passo agora é aplicar a experiência em animais e, se os estudos se confirmarem, a quimioterapia convencional deixará de ter essa função, profetizou a especialista.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.